Constelação Familiar de Bert Hellinger

 

 

Thea Louise Schoenfelder (1925-2010), professora de psiquiatra na universidade alemã, foi a primeira mulher na Alemanha que serviu como diretora de um departamento de psiquiatria infantil e adolescente. Considerada pioneira na terapia familiar e constelações.

 

Na década de 80, o alemão Bert Hellinger, conheceu o trabalho de Constelações Familiares por intermédio de Thea, e a partir deste momento começou a estudá-lo e  tornou-se a pessoa mais reconhecida no assunto nos dias de hoje.

 

Ele conheceu as leis de como se criam as identificações e consequências trágicas entre os membros de uma família.

 

"Eu conheci as constelações familiares, porque ela estava diante de mim. Durante as semanas de psicoterapia em Lindau, Thea Schoenfelder me escolhe para representar o pai de um jovem esquizofrênico. Deixei meu lugar de completamente ingênuo, seguro de mim e de bom humor. De repente deixo de ser representante do pai e assumo a de filho e caio em um abismo. Já não era eu mesmo", diz Hellinger.

 

"Em repedidas ocasiões era representante de famíliares em diferentes cursos e eventos da mesma natureza e, embora tivesse experimentado fenômenos extraordinários, não conseguia entender exatamente o que estava acontecendo.” - Bert Hellinger

 

"Um ano mais tarde veio Ruth McClendon e Les Kadis para a Alemanha e ofereceram dois cursos de terapias multifamiliares. Durante cinco dias, fizeram terapia simultaneamente com cinco famílias, pais e filhos. Mais uma vez eu mal podia entender os detalhes. De repente, percebi que era um envolvimento sistêmico e compreendi de onde surgiu: Nossa vida está associada ao destino de outra pessoa. Estamos associados ao destino das pessoas que desapareceram de nossa família, quando as esquecemos ou excluímos. Neste momento eu entendi o que acontece em uma constelação familiar.

Em uma constelação familiar surge à luz, por meio dos representantes, quem são os excluídos e como eles podem ser reintegrados à família e em nossos corações, para o alívio de muitos" - Bert Hellinger.

 

Fonte : Somos Uno 

Tradução: Luiz Lima

Thea Schönfelder

Thea.jpg

Thea Louise Schönfelder (16 de Fevereiro de 1925 em Hamburgo ; † 25. Julho 2010 ) Alemã psiquiatra e professora universitária .

Foi a primeira mulher a ser nomeada para a Alemanha em uma cadeira em psiquiatria infantil e adolescente, serviu como diretora médica do Centro Médico da Universidade de Hamburgo-Eppendorf e é considerada uma pioneira da terapia familiar e constelações .

 

Prof. Dr. med. Thea Louise Schönfelder
Psiquiatra e professora universitária. Primeira mulher nomeada na Alemanha para a cadeira de Psiquiatria Infantil e Adolescente
16/02/1925 Hamburg - Hamburgo 25/07/2010 (enterrada no jardim de mulheres).
Thea Louise Schönfelder nasceu em Hamburgo, a filha do então Social Democrata Ministro do Interior, Adolph Schönfelder, e sua esposa Minna.
Em 1970 foi nomeada a primeira mulher na Alemanha, para o recém-criado Departamento de Psiquiatria Infantil e Adolescente do Hospital Universitário Hamburg-Eppendorf, o cargo que ocupou até sua aposentadoria. Graças aos seus esforços, uma ala para juventude foi criada em 1971, além de enfermaria infantil existentes. O foco de seu trabalho clínico foi, por um lado, abordagens de tratamento orientadas para a terapia familiar e, por outro lado, métodos terapêuticos físicos e simbólicos (terapia de movimento de concentração). Seu trabalho com esculturas familiares preparou o caminho para a tecnologia da família e a configuração do sistema de hoje. Em 1987, Thea Louise Schoenfelder retirou-se de suas tarefas institucionais para uma vida privada autodeterminada. Ela continuou a trabalhar em educação e supervisão, além disso, desenvolveu novos interesses e áreas de atuação: ela trabalhou intensamente com a escrita criativa, realizou seminários na academia seniores, cantou no coro do Seniorenkantorei St. Nikolai e trabalhou em projetos de altezheater na Deutsche Schauspielhaus e no Ernst-Deutsch-Theater. Ela conscientemente e criativamente lidou com o processo de envelhecimento e morte. Ela era uma amiga confiável e calorosa e consultora sábia para muitas pessoas. Ela morava com grande prazer como uma avó. Ele deixa um vestígio de amor.

 

Fonte: Garten der Frauen d V

Bert Helinger

Este vídeo foi produzido pelo Instituto Ipê Roxo e esta disponivel em seu canal no YouTbe